domingo, 22 de fevereiro de 2009

O ORÁCULO DE GAIA - A GRANDE CRÔNICA DA TERRA (UM ESTUDO DE ARQUEOASTRONOMIA INTEGRADA)

(244 páginas, Editorial Agartha, AP, 2008, R$ 36,00)

A Terra é um grande livro para quem souber lê-la. Um livro composto de harmonias insuspeitas, mas que refletem, nada mais e nada menos, as próprias leis do universo.
A Terra merece ser amada, e para amarmos algo devemos conhecê-lo. Numa época globalizada como esta, nada melhor que conhecer a unidade das culturas e suas regiões. Pois o conhecimento e o amor à Terra não se limitam a valorizar somente o "ecológico" (o que seria um romantismo ingênuo), pois a Terra também é cultura, organizada por povos que souberam amá-la e conhecê-la a um só tempo, e ainda com ela conviver em harmonia e gerar cultura com sobrevivência. Já no Capítulo inicial, veremos que para os gregos e latinos antigos, Gaia/Tellus não era somente Natureza ou ecologia, mas também conhecimento.
A Grande Crônica da Terra, subtítulo desta obra, é a narrativa histórica dos principais eventos que marcaram o último Ano Cósmico, e que reúne a cultura do homo sapiens ou seja, os grandes feitos & fatos da nossa espécie, cuja origem remontaria, não casualmente, ao começo do mencionado ciclo. Inclui daí seus grandes símbolos culturais e marcos arqueoastronômicos (pirâmides, mitos geográficos, etc), entre eles certos utensílios importantes para fins de registro dos movimentos dos céus (observatórios neolíticos, etc.). Além de analisar em grandes traços, através disto, a própria estrutura do planeta ou a conformação de sua superfície.
O ser humano já tem mapeado os céus quase à exaustão, em busca de referências para os seus ciclos mais importantes; cabe agora também encontrar no próprio Mapa da Terra os sinais de sua cultura sagrada e da harmonia cósmica que lhe subjaz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário