sábado, 15 de maio de 2010

A ACRÓPOLE AGARTHINA


(248 páginas, Editorial Agartha, AP, 2009, R$ 36,00)
.
De onde surge a difusa mística dos Planaltos, tantas vezes historicamente verificada? Será que as alturas atenuam a gravidade e tornam as pessoas mais próximas das estrelas, como sugerem os céus puros e estrelados destas altitudes -apesar de toda a vinculação com a “magia atlante” comumente ali existente?
Fato é que os Planaltos têm sido sempre alvos de manifestações culturais de natureza especial e da mais alta forma de Civilização...
Tratava-se basicamente de um Centro Administrativo, onde sua elevação sugeria superioridade, além de conferir poder de controle e segurança natural.
Estamos falando, pois, da manifestação do chamado Governo Oculto do Mundo, uma realidade que a “Cultura do Planalto” trata de organizar em benefício direto de toda uma ampla região do planeta, servindo oportunamente também de referência mesmo para todo mundo.
As informações contidas nesta obra demonstram assim, e para além de qualquer dúvida, que a Nova Era tem começado, que o novo Espaço-Tempo está definido, e os caminhos para a transformação do mundo em escala de profundidade estão claramente delineados. Tal coisa segue-se na esteira de importantes revelações e ensinamentos da Hierarquia, dados ao longo do último século, e também se conecta nisto, dentro de um Plano de Restauração dos Mistérios, às mais exaltadas e sintéticas práticas das Tradições sagradas dos povos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário