domingo, 22 de fevereiro de 2009

THEOS - A RELIGIÃO DA CIVILIZAÇÃO (A CIÊNCIA DOS MANUS)

(300 páginas, Editorial Agartha, A P, 2008, R$ 40,00)

Os antigos costumavam atribuir a ciência da totalidade à própria idéia de Deus, no sentido de que o todo seria Deus, da mesma forma que dele emanaria esta visão global. O conceito de Civilização, é uma das expressões mais acabadas desta realidade, sendo esta uma das razões pelas quais o próprio nome de Deus, em termos criptogtáficos, comporta alusões à toda esta dinâmica de integração.
Por isto, esta obra também pode ser enquadrada nas Ciências dos Manus, e na dimensão mais pragmática do termo, sendo os Manus aquelas hierarquias de divinos estadistas que encarnam com o propósito de reordenar e fazer avanças as sociedades, lembrando as Metas a que deve chegar a Terra e os caminhos que, na atualidade, a isto conduz.
E como modelo vamos adotar o da própria realidade brasileira, que é aquela que basicamente nos tem revelado, afinal, por sua própria natureza e formação, este supremo mistério da Civilização. Conhecer o plano natural/espiritual de desenvolvimento de uma grande nação, pode realmente auxiliar na sua evolução.
E é sem dúvida que esta será uma obra que permite repensar profundamente a civilização, sobre bases que se diriam mesmo clássicas e universais. Sua utilidade restauradora em nossos dias, quando a águia do imperialismo volta a pousar sobre as nações, apenas o tempo poderá revelar. Pois, se o próprio império chega a ser um dos pilares da civilização, que ao menos se o faça nos termos originais pelo qual foi concebido nas suas revelações originais, ou seja, qual um sistema de compaixão e redentor, libertador e integrador.

HOME

Nenhum comentário:

Postar um comentário