sábado, 21 de fevereiro de 2009

A Volta dos Templários


(340 páginas, Editorial Agartha, A P, 2008, R$ 42,00)
.
A s naus templárias se aventuraram no Mar Oceano com a mesma bravura de Noé e seus filhos sob as águas do Dilúvio. O avistamento do Monte Pascoal foi um novo Ararat para estes novos argonautas -bem chamados "Os Lusíadas" por Camões-, que há meses perderam os contatos com a terra firme. Era o primeiro contato português com o Novo Mundo, em terras que formarão o Brasil.
Quem foram estes exaltados Cavaleiros do Templo, que tantas vezes alteraram os rumos da civilização Ocidental, seja na sua origem oriental, ou já na sua transformação em ordem de navegantes mundiais descobrindo novos mundos?
Aquilo que vamos desvendar na leitura desta obra é, acima de tudo, as nuances de um Princípio, que é o que realmente importa, hoje e sempre. E que serviu de pano-de-fundo a toda uma época da História européia, como terá servido a muitas outras civilizações, e que certamente voltará a acontecer como uma base perpétua da cultura universal.

PEDIDOS
HOME

Nenhum comentário:

Postar um comentário