sábado, 21 de fevereiro de 2009

RUMO AO BRASIL PROFUNDO - a Hora do Comunitarismo Nacional


(304 páginas, Editorial Agartha, A P, 2008, R$ 40,00)
.
Existem livros que interessam apenas a algumas pessoas. Outros, no entanto, tratam de temas universais que dizem respeito a todos, porque envolvem contextos nos quais quase todas as pessoas estão inseridas.
Este é o caso do destino de uma sociedade, nação ou país, do qual depende a participação de todos. Ninguém se pode dizer não-responsável pelo rumo das coisas, se é capaz de, com os seus atos, melhorar ou piorar algo.
O comunitarismo já foi uma moda, um desejo, um sonho e até uma fantasia, neste e em outros países. Eis que agora ele surge como uma necessidade, como a grande solução e uma medida imperiosa para resolver os problemas de nosso país (e quiçá, de boa parte do mundo), uma nação com nada menos de medade de sua população excluída da ordem social, sobrevivendo na miséria absoluta...
Quando uma sociedade revela-se incapaz de absorver a metade de sua população, é porque o modelo sócio-cultural se acha esgotado e asfixiado, sendo necessário pensar em um novo caminho para todos os excluídos. Até porque não se trata esta, afinal, apenas de uma alternativa para os mais pobres, mas também para os idealistas, os místicos, os videntes, os sonhadores, entre outros.
Assim, tudo o que podemos dizer, é que este é o livro de que o Brasil necessita ler neste momento da sua História.

HOME

Nenhum comentário:

Postar um comentário